A arquitetura asiática na Bienal de Veneza

A exibição internacional de arquitetura da Bienal de Veneza, uma das maiores do mundo, será dirigida por David Chipperfiel e acontecerá de 29 de agosto a 25 de novembro de 2012. Esse ano, Seung Hyo-Sang foi o único arquiteto coreano convidado para exibir no evento. Hesitante em comparecer, ele comentou “Pensei que a arquitetura européia não respeitasse a arquitetura asiática, mas agora eu decidi ir e discutir os valores da arquitetura asiática, que não são encontrados na arquitetura ocidental.”

Seung é ainda o terceiro coreano a participar da exibição, e o único convidado duas vezes. Assim sendo, ele desafia diretamente a “dominação ocidental” na arquitetura mundial, e chama a atenção para o fato de que a Ásia é a minoria convidada para participar da Exibição Internacional de Arquitetura: dos 64 respeitados arquitetos convidados para participar, apenas cinco são da Ásia.

O nome da Bienal desse ano é “Common Ground”, cujo tema principal examina os elementos comuns da arquitetura entre as nações. Seung introduzirá o que tem tudo a ver com seu trabalho: Ocidente X Oriente. Ele pretende explicar as diferenças entre a arquitetura do leste e oeste, comparando peças da arquitetura coreana com a arquitetura clássica do Renascimento.

Fonte: World Architecture News

A arquitetura asiática, apesar de marcante e de traduzir muito a cultura de seu povo, realmente não é a mais falada mundo a fora. Bem detalhada, buscam sempre harmonizar a natureza com o homem, e assim como a escultura, também é bastante influenciada por religiões.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tudo a ver: O processo de criação é diferente para cada arquiteto, especialmente quando estão envolvidas diferentes culturas. Para compreender a criação e o desenvolvimento de técnicas de arquitetura, leia Como Arquitetos e Designers Pensam, clique AQUI. 


Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *