Acidentes com Eletricidade

Segundo a Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (ABRACOPEL) os acidentes de origem elétrica causaram 278 mortes e 118 incêndios somente em 2012.

E para falar um pouco mais sobre este problema, os autores do livro Circuitos de Corrente Alternada, Carlos Alberto Favarin Murari doutor em Sistemas de Energia Elétrica pela Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação, onde atualmente é Professor Colaborador, Carlos Alberto de Castro Júnior, PhD pela Arizona State University (EUA) e professor Associado da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação da Unicamp, Gilmar Barreto, Doutor na área de Automação pela Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação, onde atualmente é professor e Fujio Sato, Professor Doutor I do Departamento de Sistemas de Energia Elétrica da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação da Unicamp, prepararam um texto especial para o Comunitexto. Confira!

Acidentes de origem elétrica

As estatísticas sobre acidentes elétricos contemplam números que mostram apenas uma parte do retrato de uma realidade ainda mais trágica, considerando que nem todos os acidentes são divulgados. Estes acidentes, causados pelo desconhecimento e pela negligência na utilização correta da energia elétrica, provocam enormes prejuízos sociais e econômicos.

Felizmente, algumas entidades ou pessoas têm realizado trabalhos louváveis para a conscientização do uso correto da energia elétrica, como os citados a seguir.

Programa Casa Segura – [www.programacasasegura.org.br]

É uma iniciativa de entidades comprometidas com a valorização da vida, a defesa do seu patrimônio e a segurança de sua família. Trata-se de um projeto de conscientização e orientação sobre os riscos de acidentes causados por instalações elétricas inadequadas e o impacto destas instalações no consumo excessivo de energia, na desvalorização das edificações e na segurança dos imóveis. Por ser tão bem-sucedido desde a sua criação em 2005, o Programa Casa Segura já se espalhou por outros países como Argentina, Chile, México e Peru.

Acidentes com Eletricidade – [http://acidentescomeletricidade.blogspot.com.br]

Trata-se de um blog dedicado à divulgação dos diversos acidentes que acontecem devido ao descaso e desconhecimento dos riscos que a eletricidade pode causar quando mal utilizada.

Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (ABRACOPEL) – [www.abracopel.org.br]

É uma associação sem fins lucrativos que trabalha para melhorar o conceito sobre segurança em eletricidade, promovendo uma mudança de cultura através de ações que levam a informação para profissionais do setor, bem como para a população em geral. Seu principal objetivo é contribuir para a diminuição de acidentes, fatais ou não, que possuem como causa a eletricidade.

A ABRACOPEL tem promovido encontros em prol da segurança na eletricidade, compreendendo palestras, seminários, workshops e outros eventos realizados em todo o País com o objetivo de serem ferramentas de conscientização, por meio da informação e formação de profissionais, para toda a população quanto aos perigos do mau uso da eletricidade.

A ABRACOPEL apresentou um trabalho interessante denominado “Estatística dos acidentes de origem elétrica, levantados pela ABRACOPEL a partir dos dados colhidos no alerta de notícias do GOOGLEque retrata os números gerais do Brasil no ano de 2012. Este trabalho mostra que acidentes de origem elétrica causaram 278 mortes e 118 incêndios. A seguir, baseando-se em 232 óbitos e 116 incêndios, são apresentados alguns dados estatísticos:

Segmentação por faixa etária

Crianças e adolescentes: 28%

Adultos: 72%

Segmentação por gênero

Masculino: 85%

Feminino: 15%

Segmentação por local do óbito

Rede primária: 65%

Casa: 30%

Empresa: 5%

Segmentação por tipo de vítimas de acidentes na rede primária

Usuários: 93%

Outros profissionais: 4%

Eletricistas: 3%

Incêndio por tipo de imóvel

Comércio: 54%

Casa: 42%

Indústria: 4%

Estes resultados mostram que a maioria das vítimas fatais são adultos (72%) dos quais 85% são do sexo masculino que se acidentaram na rede primária (65%) e destes a grande maioria (93%) são usuários (leigos).

Outro resultado que chama a atenção é que 30% dos acidentes fatais ocorreram em casas, presumindo-se, portanto que os óbitos foram consequentes de acidentes nas instalações das redes secundárias (baixa tensão).

Considera-se como providências básicas para a prevenção contra choques elétricos, a manutenção adequada dos equipamentos utilizados (por exemplo, evitando operá-los com fios desencapados, etc.) e a obediência às normas estabelecidas (por exemplo, fazendo um aterramento adequado, utilizando as tomadas e plugues apropriados, etc.). Portanto, a correta execução e a adequada manutenção das instalações elétricas e seus equipamentos são fatores cruciais para a prevenção de acidentes de origem elétrica. As Normas da ABNT sobre instalações elétricas e seus componentes devem ser conhecidas e aplicadas assim como o que determina a Norma Regulamentadora n.º 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, simplesmente conhecida por NR-10, que estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que, direta ou indiretamente, interajam com instalações elétricas e serviços envolvendo eletricidade.

Tudo a ver

O livro Circuitos de Corrente Alternada apresenta os principais procedimentos necessários que devem ser adotados para evitar os acidentes com instalações elétricas e reduzir os números de mortes e incêndios apontados nesta matéria. Você pode conferir um infográfico com essas medidas de segurança clicando aqui.

Outro ponto forte do livro está no capítulo que aponta os procedimentos para utilização de voltímetros, amperímetros, ohmímetros e outros aparelhos de medição elétrica, além de características de resistores, indutores e capacitores, circuitos trifásicos, transformadores, motores, potência em circuitos, instalações elétricas e segurança, auxiliando os alunos a efetuarem instalações com eficiência e segurança.

É uma referência básica para estudantes de Engenharia Elétrica, Mecânica e Civil, assim como alunos de colégios técnicos e cursos de Eletrotécnica, entre outros.

Deixe sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>