Ano Internacional da Química: livro “Radicais livres” com até 30% de desconto

Certa de que a Química é a base da vida e de que os radicais livres são essenciais ao funcionamento do nosso organismo, a Oficina de Textos decidiu celebrar o Ano Internacional da Química como uma promoção especial. A partir desta quinta-feira (28/7), o livro “Radicais Livres, bons, maus e naturais”, da premiada e internacionalmente reconhecida pesquisadora brasileira, Ohara Augusto, será vendido com até 30% de desconto em nosso site. A ideia é incentivar o contato com a química, promover a educação em todos os níveis e destacar a atuação deste ramo da ciência nas pesquisas científicas do nosso País.

 Instituído pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o AIQ tem como objetivo central a celebração das grandes descobertas e dos últimos avanços científicos e tecnológicos da química. Focado no público jovem e em formadores de opinião, o AIQ em 2011 está sendo comemorado no Brasil com a realização de eventos e atividades de divulgação científica. Atividades como leituras, exposições e experimentos vão mostrar como a pesquisa química apresenta soluções para os problemas globais de alimentação, água, saúde, energia, transporte, entre outros.

Realizado no Brasil pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), Sociedade Brasileira de Química (SBQ), Conselho Federal de Química (CFQ) e suas divisões regionais (CRQs), o AIQ pretende incentivar os trabalhos científicos dos profissionais da área no Brasil, divulgar as questões de educação para ciências e a pesquisa nas universidades, além destacar a atuação responsável e inovadora da indústria química no País.

Sobre o Livro:

Em “Radicais Livres – bons, maus e naturais, Ohara Augusto, conduz o leitor desde a química básica de radicais livres, por toda a trajetória, até a aplicação potencial desses conceitos para a melhora da saúde e da expectativa de vida. Mostra que essas moléculas diferenciadas são naturais, pois são produzidos continuamente nos organismos vivos. São maus porque participam direta ou indiretamente de uma série de doenças, mas também são bons, porque entre outras coisas, participam do combate a infecções e da propagação da nossa espécie através do ato sexual.

De forma clara e ilustrada, a obra esclarece as dúvidas mais comuns sobre o assunto: como foram descobertos os radicais livres e como eles se formam? Há dieta que evite sua produção no organismo? Como é possível detectá-los? Qual o papel dos antioxidantes e dos exercícios físicos à nossa saúde? É verdade que os radicais livres podem ser rentáveis para a indústria química.

Radicais Livres: Bons, Maus e Naturais destina-se a estudantes e professores do ensino médio, a universitários e ao público em geral.

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *