Camargo Corrêa lança Desafio Universitário para o ciclo do concreto

DICA_Desafio_camargo_correaEstudantes vão participar com ideias com foco em sustentabilidade, segurança e produtividade. Não é necessário apresentar um projeto ou pesquisa de viabilidade.

A Construtora Camargo Corrêa acaba de lançar o Desafio Universitário, iniciativa que vai arregimentar ideias inovadoras para tornar mais eficiente o ciclo  produtivo do concreto, um fator crítico para obras pesadas. Serão selecionadas as cinco melhores propostas de estudantes universitários de graduação ou pós-graduação, que poderão defendê-las presencialmente para os executivos da empresa. As três equipes vencedoras vão dividir premiação de R$ 27 mil e podem ser convidadas a participar de parcerias p

ara o desenvolvimento junto à Camargo Corrêa. A universidade que enviar o maior número de  ideias também será premiada com R$ 5 mil e uma palestra sobre inovação.

A empresa customizou um sistema na internet para receber as inscrições (www.construtoracamargocorrea.com/desafio). O portal tem características de uma rede social, permitindo que os profissionais da Camargo Corrêa interajam com os universitários durante o processo de seleção. Outras indústrias, como a farmacêutica e de tecnologia, já adotaram técnica similar. “Nosso objetivo é estimular a inovação na cadeia de valor da construção civil pesada, de forma a aumentar a produtividade, com sustentabilidade e segurança para os nossos profissionais. Buscar ideias no meio acadêmico e viabilizar as melhores é uma iniciativa que também reconhece a importância da pesquisa universitária para a evolução do setor. Trata-se de um processo dinâmico e inovador.”, explica Márcio Perez, gerente executivo de Inovação e Competitividade da Cosntrutora.

A premiação foi criada pela Gerência Corporativa de Inovação e Competitividade da Camargo Corrêa, área criada em 2013 a qual está subordinada diretamente ao presidente da Construtora. O Desafio Universitário não é uma solução isolada. Um programa interno chamado InovEC busca o recebimento de ideias e inovações junto aos cerca de 30 mil funcionários da empresa. Para receber as sugestões criativas dos seus colaboradores foi criado o Portal do Conhecimento. Anualmente, as melhores ideias são premiadas durante o evento do Dia da Inovação e do Padrão Camargo Corrêa.

A InterCement, holding para os negócios do cimento do Grupo Camargo Corrêa, é parceira na iniciativa. A empresa já conta com um amplo portfólio de Pesquisa & Desenvolvimento, atuando com mais de uma dezena de instituições de renome internacional, como Universidade de São Paulo, IPT, Universidade Federal de Minas Gerais e Embrapa, no Brasil, e Massachussets Institute of Technology, nos Estados Unidos, e Instituto Superior Técnico e Instituto Carlos Torroja, na Europa.

O concreto é o segundo produto mais consumido no mundo, perdendo apenas para a água. No Brasil, em 2012, foram produzidos 44 milhões de m³ de concreto dosado em central. Só a Construtora Camargo Corrêa utilizou, no período, cerca de 800 mil m³ de concreto em suas diversas obras. A Usina Hidrelétrica Jirau, por exemplo, já consumiu mais de 2 milhões de m³ de concreto entre 2009 e 2013. Até o final da obra, serão mais 800 mil m³. O volume é suficiente para construir duas vezes os doze estádios da Copa do Mundo de Futebol de 2014.

São esperadas ideias que melhorem  o ciclo produtivo do concreto  com objetivo de aumentar a competitividade. Para isso, o Desafio Universitário possui três temas para o envio de ideias: novas metodologias construtivas, novos materiais e novas técnicas de planejamento e acompanhamento de obras.

Serviço do Desafio Universitário
Site: www.construtoracamargocorrea.com/desafio
Inscrições: até 01/12/13
Divulgação dos finalistas: 20/01/14
Avaliadores: Profissionais da Construtora Camargo Corrêa, InterCement, Consultoria Innoscience e convidados.

Sobre a premiação – As três melhores ideias serão premiadas com valores individuais para os estudantes e também para o professor. A universidade com mais participações também será premiada com R$ 5 mil e uma palestra de inovação.
•      1° lugar: até R$ 13 mil para a equipe;
•      2° lugar: até R$ 9 mil para a equipe;
•      3° lugar: até R$ 5 mil para a equipe.

Fonte: Portal Brasil Engenharia

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *