Como o lixo se correlaciona com o produto interno bruto

O gráfico Resíduos Transportados X Produto Interno Bruto dos EUA, criado pelo economista Michael McDonough, mostra como o transporte de cargas de resíduos se correlaciona com o produto interno bruto, fazendo que a oscilação em um deles afete o outro diretamente. Confira:

Ele apresenta ano por ano as mudanças na porcentagem do transporte de cargas de resíduos à esquerda, e à direita mostra as mudanças no produto interno bruto (GDP) dos Estados Unidos. Fazendo essa análise, McDonough descobriu que há uma relação de 82,4% entre os resíduos e o produto interno bruto do EUA.

Se as tendências históricas se concretizarem, estaremos olhando para um produto interno bruto que talvez não esteja somente pisando nos freios, mas também invertendo a economia. Se isso for verdade, os efeitos serão significativos, especialmente para os negócios, para a economia e para as eleições de novembro nos EUA.

Fonte: The Washington Post

Aqueles inseridos na indústria de resíduos estão constantemente checando as informações sobre o mercado, as tendências e os preços. Tendo isso considerado, há vários fatores de análise que determinam os preços e escalas de resíduos no mundo todo, tais como:

1. Mercados internacionais – O preço do resíduo de metal em outros países, especialmente na China, tem forte representatividade, e acabam determinando os preços para outros países.

2. Mercado interno – a bolsa de valores do país é sempre outro ponto de medida, que indica como o mercado interno pode interferir no preço do resíduo.

3. Oferta e Demanda – quando a economia está devagar, é sempre um bom indicativo ver mais construções e projetos públicos em sua área: projetos como substituição e reparo de pontes com aço. Venda de carros também pode ser um bom indicador; quando a venda de carros novos está baixa, a produção de aço novo estará igualmente baixa. Quando a demanda aumenta, é esperado um aumento nos preços dos resíduos de aço e metal.

Fonte: iscrapapp.blogspot.com

Tudo a ver:
Reúso de materiais para construção e o destino dado para resíduos, tais como para substituição ou conserto de pontes feito com aço (ou melhor, feitos da reutilização do aço), indicamos a leitura do livro Reuso de Materiais e Elementos de Construção, que destaca as oportunidades para o uso de componentes e materiais reaproveitados e de produtos de construção com conteúdo reciclado. A obra apresenta a experiência atual com estudos de caso internacionais e diretrizes práticas. Fique por dentro das mais novas técnicas de reuso e compre o livro AQUI.

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *