INPE e novos dados do desmatamento na Amazônia

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgou novos dados sobre o desmatamento nesta ultima semana, obtidos pelo sistema de detecção do desmatamento em tempo real.

Com o uso de imagens de satélite, o órgão avaliou a perda da vegetação na Amazônia Legal e constatou que o índice de derrubada de árvores diminuiu 17% desde o início do ano anterior, passando de 1.485,66 km² de floresta para 1.232,75 km² neste ano.

Apesar dos dados positivos, a comparação entre os meses de agosto e setembro deste ano registrou um aumento de 220% na derrubada de árvores, o maior indice mensal desde julho de 2009. Além disso, regiões como Mato Grosso e Pará continuam no ranking de cidades com mais espaços naturais destruídos. No ano passado, estes mesmos Estados lideraram o desmate da Amazônia Legal, perdendo juntos aproximadamente 1340,96 km² de florestas.

Segundo o órgão, as medidas governamentais e maiores fiscalizações têm contribuído para diminuir o desmate. O Inpe também se comprometeu a publicar informações do Deter a cada 15 dias, tornando a análise destas terras e a contenção do desmate mais simples e rápida.

Fonte: G1

Tudo a ver:

Gostou da matéria e quer se aprofundar no assunto? Conheça a 2º Edição do livro Sensoriamento Remoto da Vegetação e veja os principais conceitos relacionados à área: comportamento espectral das plantas; aparência da vegetação em imagens multiespectrais; técnicas de processamento de imagens; modelo de mistura espectral; índices de vegetação, além de um novo capítulo sobre dados de radar no estudo da vegetação. Para ilustrar os conceitos apresentados, a obra discute sua aplicação em casos reais.

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *