Economia de Botsuana brilha após acordo com diamantes

Jwaneng, a mina de diamantes mais rica do mundo, se localiza ao sul de Botsuana, país cuja economia foi transformada pelos diamantes; desde sua descoberta nos anos 60, o desenvolvimento da nação foi construído a partir das gemas enterradas nas profundezas do solo africano.

Em 1969, o governo de Botsuana assinou um contrato justo e de ganho para ambos os lados com a gigante dos diamantes, De Beers, para explorar e minerar o solo botsuanês. A parceria chamada de Debswana ajudou Botsuana a se tornar um dos países mais prósperos da África, apresentando hoje uma economia robusta e uma das rendas per capita mais alta do continente. Esse acordo exclusivo permitiu Botsuana fazer investimentos significativos em educação e saúde.

A indústria de diamantes de Botsuana se prepara para expandir ainda mais, especialmente depois que a De Beers anunciou sua decisão de mudar sua base de operações de trabalho com diamante bruto de Londres para Gaborone, capital de Botsuana; eles calculam que essa mudança trará mais de 6 bilhões de dólares em vendas de diamantes para o país. Além disso, uma nova filial com escritórios também está em processo de construção, planejando-se a realocação de aproximadamente 80 funcionários da Europa para a África.

Fonte: CNN

Tudo a ver:
Para entender o processo que ocorre em Botsuana e a ação da De Beers e da indústria de diamantes, indicamos o livro Diamante: a pedra, a gema, a lenda. Seus autores, Mario Chaves e Luís Chambel, são atraídos e fascinados pelos belíssimos diamantes e dedicam-se ao estudo técnico, acadêmico e de campo das questões geológicas e de mineração dos depósitos diamantíferos há 20 anos, e voltaram o foco do livro para a geologia e a mineração do diamante, além de relatar o papel da De Beers, da indústria e “sindicato” dos diamantes, que completam a visão sobre o tema. A obra também conta a história do diamante com os hindus, no 8º século a.C., passando pelos mitos e lendas que cercam diamantes famosos, símbolo de poder e, às vezes, portadores de maldições sobre seus donos, como o diamante Hope. Saiba mais, clique aqui.

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *