Francis Albarède e Fábio R. Dias em entrevista

Na última quarta-feira, dia 4/7, o Comunitexto teve o prazer de bater um papo rápido e muito descontraído com o geoquímico francês Francis Albaréde, professor de geoquímica na Ècole Normale Supérieure de Lyon, secretário internacional da American Geophysical Union, professor adjunto na Rice University nos EUA e autor do internacionalmente aclamado Geoquímica: uma introdução (Geochemestry an introduction), lançado no Brasil pela Oficina de Textos; e com o geólogo Fábio R. Dias, Professor Associado da USP e tradutor da obra.

Comunitexto: Prof. Fábio, como você e o Prof. Albarède se conheceram? 

Fábio. R Dias: Eu fiz meu doutorado em geoquímica na Alemanha em 1995, na época fazia parte de um grupo de geoquímica e tentávamos aplicar algumas das modelagens que estavam no livro dele; até então, conhecia somente seu trabalho. quando comecei a fazer a tradução [do livro Geoquímica, uma introdução] enviei a ele um email me apresentando e dizendo que gostaria de contar com seu apoio. O prof. Albarède foi muito solícito e passou a responder aos meus emails com perguntas e dúvidas durante todo o processo de tradução. 

C.: Pessoalmente, quando se conheceram?

F.D: Segunda-feira, risos.

C: O que dizer da vinda do prof. Francis Albarède ao Brasil?

F.D: Foi fantástica! O atual reitor da USP está muito empenhado em internacionalizá-la e forneceu recursos para a organização da conferência Fronteiras em Ciências da Terra que reuniu 16 profissionais referências mundiais na área, entre eles o prof. Albarède, que falou sobre a Evolução Química da Terra. 

Comunitexto: Prof. Albarède, o que você pode dizer sobre seu livro?

Francis Albarède: Os princípios presentes no livro estão fundamentados no raciocínio matemático, e as equações subjacentes então aplicadas repetidamente nos capítulos sobre as águas, intemperismo, e a terra sólida, utilizando vários exemplos que dizem respeito a lagos, rios, sedimentos, vulcões, convecção do manto, e acreção planetária.

É uma abordagem extremamente quantitativa dos processos da Terra, a unificação e a comparação de semelhantes princípios geoquímicos que operam em diferentes partes do planeta (águas, manto, atmosfera).

Alguns processos geoquímicos quando expressados através de equações se comportam de maneira previsível matematicamente falando. Há uma conexão constante entre a teoria e algumas observações simples, porém profundas, como por exemplo o uso de fracionamento de isótopos de oxigênio para demonstrar a ligação inequívoca entre a Terra e outros planetas.

Comunitexto: O que você pode nos falar sobre o prof. Fabio?

Francis Albarède: Extremamente competente. Ele tem um olhar muito profissional, de quem tem profundo conhecimento no assunto e é um prazer ter meu livro traduzido para o português por alguém assim. 

Comunitexto: Prof. Albarède, você já conhecia o Brasil?

Francis Albarède: Não. Esta é minha primeira visita ao Brasil e a segunda à América do Sul, há 10 anos estive no Equador. Estou muito impressionado com o desenvolvimento de São Paulo, muito além do que imaginava. Há boa infraestrutura, as pessoas são educadas,  a comida é barata e ótima: a variedade que se encontra em um restaurante simples é inacreditável. 

Comunitexto: E o brasileiro?

Francis Albarède: Maravilhoso. A impressão que tenho é que o brasileiro está sempre alegre, de bem com a vida, não reclama. Claro que tem problemas, mas ainda assim sabe como ser leve e aproveitar a vida. Na europa a crise está difícil e os jovens não olham para o futuro com esperança. Aqui sinto que é diferente: há esperança no ar para onde quer que olhe e é muito importante ter esperança.

Geoquímica: uma introdução explica de forma didática os fundamentos da geoquímica moderna e sua aplicação no estudo dos mais diversos ambientes, incluindo a Terra sólida, rios e clima, estendendo-se até mesmo a outros planetas. Com exemplos, exercícios e explicações detalhadas, é uma referência fundamental para estudantes de ciências da Terra e ciências ambientais. Nas mãos competentes do seu tradutor, o livro em português é uma edição revisada e melhorada, segundo o próprio autor. Clique AQUI para comprar.

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *