Geologia e Turismo, novas perspectivas

Vivemos um momento de valorização e preocupação com o meio ambiente. Isso ocorreu principalmente após a realização da 1ª Conferência sobre o Meio Ambiente Humano, em Estocolmo, Suécia. A partir deste evento, um novo segmento de atividade turística surgiu denominado de ecoturismo, com o objetivo de conjugar o turismo com a identificação, a proteção e a preservação do patrimônio cultural e natural da Terra. Porém, essa modalidade turística tem enfatizado a fauna e flora e os recursos hídricos naturais, desconsiderando os demais aspectos físicos, como as estruturas geológicas e as feições geomorfológicas.

Conservar o patrimônio geológico é manter viva a memória do planeta para as futuras gerações e garantir ao conhecimento científico uma fonte de pesquisas e respostas sobre eventos passados e sobre os possíveis eventos futuros é importante e imprescindível. Baseado nesta ideia novas formas de turismo visando a conservação deste patrimônio já começou a se desenvolver como o Geoturismo.

Segundo Raphael de Carvalho Aranha, autor do livro Geografia aplicado ao Turismo que será lançado pela Editora Oficina de Textos no próximo mês, em parceria com o geógrafo Antonio Guerra, “as relações entre Geologia e Turismo podem ser consideradas, ao mesmo tempo, explícitas e implícitas. Cabe expor que a prática turística, neste caso, está associada a um desejo de conhecer novos lugares, vivenciar outras culturas, admirar paisagens, entre outras motivações.

Para o turismo a paisagem é vista como um atrativo que é eminentemente observada, vivida e sentida. Nesse sentido, podemos atribuir-lhe valores na forma de um produto importante cuja expressão sobre a sua percepção se dá através da morfologia resultante das diferentes formas de ocupação e configuração de um território, ao longo do tempo.

A Geologia pode ser considerada como a base, a estrutura da paisagem física, compondo, portanto, o substrato aonde a atividade turística irá se desenvolver. Neste sentido as respostas da geologia refletem no relevo, que é capaz de condicionar a atividade turística: pode-se, portanto, entender o papel indireto da geologia como o locus ou o sítio onde a atividade turística ocorre. Neste caso, ressalta-se como exemplo, o comportamento da Geologia nas formas do relevo. Estas condicionam o traçado de determinada rodovia interferindo na relação distância/tempo entre dois destinos.

A distância linear entre a cidade do Rio de Janeiro e a cidade serrana de Petrópolis, lar de veraneio da família imperial brasileira no século XIX e que, ainda hoje, abriga grande número de patrimônios arquitetônicos daquela época, é de menos de 50 quilômetros. Entretanto, a necessidade de ultrapassar a escarpa da Serra do Mar a partir da capital fluminense faz com que o trajeto tenha aproximadamente 100 quilômetros e dure cerca de uma hora.

Como outro exemplo da influência indireta da Geologia na atração de turistas pode-se destacar a cidade histórica de Ouro Preto, no estado de Minas Gerais. Fundada no século XVII pelos bandeirantes, a cidade que cresceu em torno da exploração mineral, foi berço de diversos movimentos políticos e culturais e atualmente, depois da exaustão dos valiosos minérios que dão nome à cidade, é um importante polo de turismo histórico-cultural da região Sudeste do Brasil.”.

Tudo a ver

 Não deixe de conferir nosso próximo lançamento, o livro Geografia Aplicada ao turismo de autoria de Raphael de Carvalho Aranha e Antonio Guerra. A obra pretende atender tanto a alunos de graduação como de pós-graduação em Turismo, Geografia e áreas afins, bem como a outros profissionais e ao público em geral interessado nessa temática. Todos os autores do livro são especialistas nas suas áreas e já vêm trabalhando há bastante tempo nos temas que se propuseram a escrever.

Os sete capítulos abordam questões cruciais para a boa formação de um profissional em Turismo e para aqueles formados em Geografia que também se interessam pelo tema. A grande quantidade de fotos, ilustrações, tabelas e gráficos pode auxiliar os leitores a entender melhor essas questões. A bibliografia apresentada também possibilita aos leitores se aprofundar em algum tema abordado no livro.

Para ser informado do lançamento acesse aqui e clique “avise-me quando disponível”.