Geomática: entrevista com Emerson Granemann

Desde seu lançamento, o MundoGEO#Connect é o maior e mais importante evento do setor de Geomática e Soluções Geoespaciais na América Latina. Realizado pela MundoGEO a Feira já apresenta números impressionantes, na última edição em 2013, em São Paulo, mesmo tendo sido realizada na semana em que ocorreram as maiores manifestações da história do país, o evento teve a participação de 3.450 profissionais de 22 países. Este ano, a previsão é de mais de 4.000 participantes. O evento, em número de participantes, é um dos cinco principais do mundo no setor.

Para falar um pouco mais sobre as novas tecnologias de Sensoriamento Remoto que serão apresentadas este ano, além das tão aguardadas novidades do MundoGEO#Connect 2014, o Portal ComuniTexto entrevistou Emerson Zanon Granemann, diretor e Publisher da MundoGEO, líder na América Latina em soluções integradas de mídia e comunicação para o setor geoespacial e de localização. Confira abaixo.

COMUNITEXTO: A MundoGEO vem realizando um importante trabalho, conectando a comunidade latino-americana e global da área de Geomática e Soluções Geoespaciais. Ao longo destes 12 anos, o que mudou desde então? E hoje, qual é o grande desafio da área?

EMERSON ZANON GRANEMANN: A MundoGEO realiza eventos na área desde sua fundação, em 1998, tendo começado em Curitiba e depois migrado para São Paulo. Nesses anos, a tecnologia, que avançou muito, vem simplificando o processo de coleta de dados, devido à infinidade de opções de mapeamento, e barateando os sistemas de processamento, representação e análise das informações.

O grande desafio hoje é formar melhor os profissionais envolvidos, de modo que acompanhem esses avanços. Nota-se um grande descompasso entre o avanço das soluções e ferramentas e a capacidade de absorção dessas novas tecnologias pelos profissionais.

CT: Quais as principais novidades em tecnologia de Sensoriamento Remoto que foram ou serão apresentadas este ano?

EZG: Novos satélites vêm sendo lançados com boa regularidade, com sensores cada vez mais modernos. Entretanto, a maior novidade é que as empresas globais detentoras desses sistemas orbitais estão mudando seu modelo de negócios, não se restringindo mais apenas ao fornecimento de dados, mas agregando serviços, como podemos constatar com a empresa global BlackBridge, que, no início deste ano, adquiriu 50% da sua representante no Brasil, a Santiago e Cintra Consultoria.

CT: O evento MundoGEO#Connect 2014 está com uma programação recheada. Quais as maiores novidades dessa edição? Teremos alguma surpresa nessa feira?

EZG: Ofereceremos mais de 30 atividades, com destaque para 13 cursos de atualização profissional em diversas áreas, como Cadastro Ambiental Rural, Georreferenciamento de Imóveis Rurais, Sensoriamento Remoto, Geomarketing e GIS.

Na feira, os destaques serão os drones, com diversas soluções de mapeamento preciso para pequenas áreas, e os scanners terrestres fixos e a bordo de carros. Essa nova tecnologia, ainda não plenamente utilizada no Brasil, apresenta muitas vantagens quando comparada aos levantamentos tradicionais com estações totais e GPS.

MundoGEOConnect-2013-FeiraLogo

MundoGEO#connect 2013

CT: A MundoGEO#Connect 2014 contará com mais de 50 expositores e 70 marcas mundiais. Qual a importância da presença dessas marcas aqui no Brasil?

EZG: A forte presença na feira das principais empresas nacionais e globais é uma grande vantagem para os visitantes, que poderão conhecer de perto, tirar suas dúvidas, comparar desempenhos e tomar decisões importantes.

Além disso, ela comprova que essas empresas confiam no evento como principal ponto de reunião da comunidade e na América Latina, mais especificamente no Brasil, como mercado forte para comercializar seus produtos e serviços.

CT: Na programação deste ano, produtos Google para análise geográfica serão discutidos em curso. Poderia falar um pouco mais sobre essa iniciativa?

EZG: Este ano realizaremos, pela quarta vez, o Seminário de Soluções Google para Empresas, que será acompanhado de um curso. Essa parceria com o Google e com os distribuidores no Brasil, como a Geoambiente, tem a proposta de oferecer à comunidade apresentações tecnológicas e relatos de casos de sucesso apresentados pelos próprios usuários.

Esse verdadeiro workshop é muito útil para trazer conteúdos importantes do dia a dia do projeto, além de permitir uma ampla interação entre os palestrantes e os participantes do evento.

Continua…

Tudo a ver

Entrevista Parte 2! Aguardem o próximo ComuniTexto e a continuação da entrevista com Emerson Zanon Granemann com uma grande novidade para todos os estudantes e profissionais!