O Estado do Pará na reta final para o plebiscito

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, o debate político sobre a divisão do Pará começa a tomar rumos de briga eleitoral. Às vésperas do plebiscito marcado para dia 11 de dezembro, os grupos separatistas continuam a buscar votos dos eleitores indecisos. O governador do Pará, Simão Jatene (PSDB), obteve direito de resposta no horário de propaganda política e criticou indiretamente o publicitário Duda Mendonça, que é a favor da divisão do Estado. O governador declarou que “vendedores de ilusões sem identidade” tratam o povo paraense como “galos de rinha”.  Um ataque direto à Duda Mendonça, que chegou a ser detido pela Polícia Federal em 2004,  por seu envolvimento em brigas de galo.

A campanha para o plebiscito continua, com carreatas e comícios em todas as cidades paraenses e nas regiões mais distantes. A Justiça eleitoral finalizou os testes de transmissão de dados para votação do plebiscito ontem. E a partir de quinta-feira as urnas começam a ser distribuídas para as zonas eleitorais de origem.

Os adeptos à divisão do Estado acreditam numa gestão de todas as regiões e na ampliação dos recursos federais destinados à cada localidade. Por outro lado, os partidários da não-separação afirmam que o desmembramento deixará o Pará mais pobre.

As últimas pesquisas de intenções de voto, realizadas pelo Instituto Datafolha, mostram que a rejeição à criação do novo Estado está em torno dos 60%, contra 30% da população favorável à criação de Tapajós e de Carajás.

Caso a separação seja aprovada,  ainda terá de passar pelo Congresso e ser analisada pela presidente Dilma Rousseff, que pode rejeitar a decisão do plebiscito.

Clique nos links e veja alguns exemplos de vídeos das campanhas:

* Chorando, Fafá de Belém defende Pará sem divisão.
* Pará: Campanha do “sim” usa tapa na cara para convencer eleitor.

Quer saber mais? Leia as nossas outras matérias sobre o assunto:

* Plebiscito da divisão do Pará já tem pesquisa de voto
*
A divisão do Estado do Pará
Divisão dos Estados Brasileiros: quem ganha, quem perde?
*
Entrevista com José Donizete Cazzolato, autor de Novos Estados e a Divisão Territorial do Brasil: uma visão geográfica

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *