Os lagos salinos mais famosos

Lagos salinos são corpos isolados de água com grandes concentrações de sais que normalmente ocorrem em zonas desérticas secas, nas quais a evaporação é maior do que o índice de chuvas.

Segundo o livro Limnologia, de autoria de José Galizia Tundisi e Takako Matsumura Tundisi, esses lagos se originaram a partir de atividades tectônicas, vulcânicas ou na era glacial. Cada um destes acontecimentos geológicos fez com que águas ficassem acumuladas em pontos específicos do planeta, nos quais a drenagem não atinge os oceanos.

Confira abaixo alguns dos lagos salinos mais conhecidos do mundo e parte da história de cada um.

Mar Morto

Apesar do nome, o Mar Morto, conhecido também como Lago Asfaltite, consiste em um grande lago e está a 392 metros abaixo do nível marítimo, sendo também o ponto mais baixo de toda a superfície do planeta. Está situado no Oriente Médio, na região interior da Palestina. As águas banham a Jordânia, Israel e Cisjordânia. Com mais de 350 gramas de sal por litro de água, é 10 vezes mais salgado que as águas dos oceanos e considerado um dos mais salinos do mundo.

Lago Assal

Este lago se formou na cratera de um vulcão extinto situado na região de Tadjourah, na África, e representa o ponto de menor altitude do continente. Está a cerca de 160 metros abaixo do nível do mar, e tem uma área aproximada de 54 km². No local onde está o lago a paisagem é desértica, propiciando altas temperaturas das águas (33-34 °C) e favorecendo a evaporação, fator que contribui para aumentar a salinidade.

Grande Lago Salgado

Localizado no estado de Utah, nos Estados Unidos da América, é o maior lago do interior do oeste dos EUA. Tem profundidade média de 15 metros e ocupa o centro de uma vasta zona árida e desértica. Este lago foi visitado pela primeira vez por Jim Bridger no ano de 1824 e a partir desta data tornou-se um importante ponto turístico da cidade. Estima-se que recebe 1,1 milhões de toneladas de sal por ano e apresenta um índice de salinidade de 27%.

Chott el Djerid

O nome deste lago parece estranho, mas o significado é simples: Chott quer dizer lago salgado de volume muito variável e el Djerid indica a região da Tunísia em que está localizado. O Chott El Djerid tem altitude que varia entre 10 e 25 metros abaixo do nível do mar e extensão de 10 000 km² conforme o nível das águas. Segundo as lendas regionais, foi neste lago que nasceu a deusa grega Atena.

Gostou da matéria? Então adquira o livro Limnologia, de José Galizia Tundisi e Takako Matsumura Tundisi e tenha na sua casa uma obra completa, com todo o conhecimento científico acumulado sobre o assunto. Na obra, você verá capítulos sobre a água como substrato, a origem dos lagos, a diversidade e a distribuição geográfica destes ambientes aquáticos e muito mais.

 

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *