Parceria mundial para lançamento de satélites sino-brasileiros de recursos terrestres

Após planos e estratégias traçados durante a Rio+20, os governos brasileiro e chinês decidiram ampliar sua parceria para uma estratégia global, de forma a realizar esforços conjuntos para o lançamento dos satélites sino-brasileiros de recursos terrestres Cbers-3, que será apresentado ainda em 2012, e o Cbers-4, que deverá estar pronto até 2014. Tanto a China quanto o Brasil tem interesse em estimular o trabalho em equipe, capaz de distribuir internacionalmente os dados provenientes dos satélites; no Brasil, a organização responsável pelo Programa Cbers é o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

A parceria entre os países se iniciou há mais de 20 anos, e possibilitou o domínio da tecnologia do sensoriamento remoto para observação da Terra ao Brasil e a China. Esse novo programa colabora para a fomentação da inovação tecnológica no parque industrial brasileiro, por meio do desenvolvimento de subsistemas e equipamentos para os satélites por empresas nacionais.

As novas iniciativas propostas pelo governo brasileiro e chinês também englobam áreas como nanociência e nanotecnologia, além de climatologia. Se esses assuntos despertam seu interesse, aproveite para conhecer outros títulos da Oficina de Textos, como O Mundo Nanométrico: a dimensão do novo século e Climatologia Fácil. Para mais informações acesse nosso site: http://www.ofitexto.com.br

 (Fonte: INPE e Mundo GEO)

A Editora possui vários livros da área de sensoriamento remoto. Confira Iniciação em Sensoriamento Remoto, obra que tem por objetivo tornar acessível a tecnologia de aquisição de informações sobre a Terra, cujas aplicações crescem a cada dia. Com linguagem simples e apresentação inovadora, o livro explica como elas são interpretadas e descreve os principais tipos de sensores e satélites existentes – com destaque para o programa espacial brasileiro. Acesse o link para uma “degustação” do livro: clique aqui

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *