Processos de encostas, movimentos de massa e erosão dos solos

O Professor Antonio Guerra juntamente com a Profa. Maria do Carmo Oliveira Jorge  publicaram recentemente para revista Pedosphere (vol. 27 ) o artigo Slope Processes, Mass Movement and Soil Erosion: A Review. Como muitos aqui sabem a revista Pedosphere é de grande reputação internacional!

Antonio Guerra concedeu exclusivamente ao Comunitexto um resumo desse artigo para compartilhamos com todos vocês! Leia agora:

A erosão dos solos e a degradação das terras são problemas globais e podem ser considerados de grande importância para a maioria dos países. Tanto a erosão como os movimentos de massa são duas formas de degradação e os seres humanos têm um papel relevante nesses processos geomorfológicos. Esse artigo faz uma revisão bem detalhada e cuidadosa dos processos que ocorrem nas encostas, associados aos movimentos de massa e à erosão dos solos, bem como quais são os fatores que contribuem para a existência desses processos, incluindo os agentes físicos e humanos. Atuando em conjunto, esses fatores causam uma grande variedade de feições geomorfológicas.

Erosão

Ubatuba – São Paulo – Dez de 2009 (foto de Maria do Carmo Oliveira Jorge).

Os processos de encostas, nesse artigo, são ilustrados por estudos de caso no Brasil e na Inglaterra. Para tal, além desses estudos, muitas fotos são apresentadas para que o leitor possa entender melhor sobre essa problemática. As causas desses impactos são discutidas no artigo, juntamente com técnicas e métodos relacionadas à bioengenharia, para recuperar áreas degradadas, bem como para prevenir contra a ação dos agentes que causam os processos de erosão e movimentos de massa. Embora existem diversos agentes que causam a erosão, a água é, sem dúvida nenhuma, o que tem o maior peso.

Consequentemente, o cultivo pode promover a movimentação dos solos, encosta abaixo, devido à utilização de formas inapropriadas de manejo do solo. Esses estudos são fundamentais, para que possam ser gerados dados, no sentido de se adotar medidas de conservação dos solos. O manejo integrado de bacias hidrográficas é uma ótima maneira de se promover a conservação dos solos e da água, gerando um desenvolvimento sustentável, que tanto se fala, mas pouco se faz.

Finalizando, mais de 100 referências bibliográficas são apresentadas no artigo, para que os leitores que quiserem se aprofundar no assunto, possam fazer com mais facilidade.

Autores: Antonio José Teixeira GUERRA, Michael Augustine FULLEN, Maria do Carmo Oliveira JORGE, José Fernando Rodrigues BEZERRA, Mohamed S. SHOKR. Foi escrito por três brasileiros, um inglês e um egípcio, o que demonstra a importância do tema e sua internacionalização.

Tudo a ver

PedosfherePara ler o artigo completo “Slope Processes, Mass Movement and Soil Erosion: A Review”, acesse a Revista Pedosphere 27 (1), 27 – 41, 2017,  clique aqui.

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *