Segurança para lidar com equipamentos elétricos

O número de mortes causadas por acidentes com eletricidade teve queda de 3,7% ao ano, nos últimos dez anos, conforme mostram os dados da Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee). Em 2001, foram 381 pessoas mortas por eletrocutamento. Já em 2011, o número caiu para 315.

Apesar da diminuição de mortes por acidentes, o número de óbitos é ainda alto, considerando que o choque elétrico é um dos acidentes mais perigosos. Uma corrente elétrica com 10mA (Miliampére) pode paralisar uma pessoa e, outra com 100mA pode levar à morte.

Entre as principais causas destes acidentes com energia elétrica, estão as relacionadas com a área de construção e manutenção (82 mortes), ligações clandestinas (60), cabos energizados ligados ao solo (29), entre outras. O manuseio de aparelhos elétricos sem o devido cuidado em ambientes domésticos também teve uma parcela significativa de vítimas fatais.

Para assegurar o uso consciente de aparelhos elétricos, preparamos um infográfico com dicas retiradas do livro Circuitos de Corrente Alternada, confira:

Tudo a ver

A obra Circuitos de Corrente Alternada é uma referência básica para estudantes de Engenharia Elétrica, Mecânica e Civil, assim como alunos de colégios técnicos e cursos de Eletrotécnica, entre outros. Apresentando os tópicos fundamentais da teoria nesta área, como medição de grandezas elétricas, formas de onda, características elétricas de resistores, indutores e capacitores, circuitos trifásicos, transformadores, motores, potência em circuitos, instalações elétricas e segurança, auxilia os alunos a efetuarem instalações com eficiência e segurança.

O livro também traz problemas resolvidos, exercícios propostos, leituras recomendadas e vídeos que mostram a teoria na prática.

Sobre os autores

Fujio Sato formou-se em Engenharia Elétrica na Unicamp em 1975, onde também realizou o mestrado e o doutorado (1979 e 1994). É Professor Doutor I do Departamento de Sistemas de Energia Elétrica da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação da Unicamp. De 1965 a 1997 trabalhou na CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) nas áreas de manutenção e operação de sistemas de energia elétrica.

Gilmar Barreto é Engenheiro Químico pela Faculdade de Engenharia Química da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Doutor na área de Automação pela Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação – FEEC (Unicamp), onde atualmente é Professor, com ampla experiência no ensino de Eletrotécnica. Na pesquisa tem atuado nos seguintes temas: Modelagem Computacional de Dados, Ensino de Engenharia e Inovações Curriculares.

Carlos Alberto de Castro Júnior é Engenheiro Eletricista e Mestre em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Doctor of Philosophy pela Arizona State University (EUA). Atualmente é Professor Associado da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação da Unicamp. Tem interesse especial, tanto no ensino como na pesquisa, em análise de circuitos elétricos e sistemas elétricos de potência (particularmente estabilidade de tensão, operação e segurança de sistemas de potência, métodos de fluxo de carga e sistemas de transmissão e distribuição).

Carlos Alberto Favarin Murari é Engenheiro Eletricista e Doutor em Sistemas de Energia Elétrica pela Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação – FEEC (Unicamp), onde atualmente é Professor Colaborador, tendo se dedicado ao ensino em disciplinas associadas aos temas abordados neste livro. Na pesquisa, tem atuado em métodos computacionais para o planejamento e a operação da transmissão e da distribuição de energia elétrica.

Comentários

  1. Senhores;

    Segurança em eletricidade deve ser levada a sério!
    Parabéns pela iniciatva…
    Coloco a disposição do mercado mais um dispositivo para segurançe eme eletricidade.
    Vejam o site lumivolt.com.br

    Abraços
    Silvio

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *