Ser vivo mais velho do mundo vive no mar mediterrâneo

Conheça Posidonia Oceanic, um tipo de grama do Mar Mediterrâneo, que é também o ser vivo mais antigo do planeta. O seu segredo para longevidade? O de sempre – uma vida saudável, bastante exercício, reprodução assexuada, ser 6 mil toneladas de grama e, não ser afetada pela mudança climática… Por enquanto.

Pesquisas desenvolvidas na Universidade de Western, na Austrália, determinaram que os aglomerados da grama marinha (que são na realidade um só organismo que se reproduz por clonagem) têm pelo menos 100.000 anos. Os pesquisadores afirmaram que a grama marinha pode atingir essa idade devido a sua reprodução assexuada e sua capacidade de produzir clones de si mesma; organismos que só podem se reproduzir sexuadamente são inevitavelmente perdidos a cada geração.

Apesar da grama marinha ser um dos organismos mais resistentes do mundo, seu declínio já iniciou devido ao desenvolvimento de zonas costeiras e ao aquecimento global.

Fonte: The Telegraph


Tudo a ver:
O livro Sistema Terra-Vida tem muito a acrescentar no que diz respeito à evolução da Terra e da vida que ela sustenta ao longo das eras geológicas, como é o caso da seagrass, descoberta recentemente no Mar Mediterrâneo por pesquisadores australianos, examinando as interações dos diferentes ecossistemas e como se desenhou o ambiente na superfície terrestre. Clique aqui para saber mais do livro.

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *