Vulcão ativo comemora seu 29º aniversário

Mapa da Ilha Grande do Havaí com as principais estradas, cidades e o contorno do Parque Nacional dos Vulcões. Fonte: Modificado de um desenho do National Park Service.

Desde 1983, o vulcão Kilauea, situado no Havaí, tem um fluxo contínuo de emissão de lava. Em 03 de janeiro deste ano foram completados 29 anos de atividade – marco de um dos vulcões mais ativos da Terra. Não por acaso, na língua havaiana a palavra Kilauea significa “cuspindo” ou “espalhado”.

Localizado dentro de um dos parques nacionais americanos, é o vulcão mais visitado e fotografado no mundo, além de fonte de investigação para os estudiosos. A oportunidade de ver a atividade vulcânica é um atrativo a mais para os visitantes do Havaí: são abertas trilhas para permitir a observação a uma distância segura.

No livro da Editora Oficina de Textos, Turismo de Aventura em Vulcões, a autora Rosaly Lopes esclarece que ao realizar trilhas é aconselhável seguir as placas de sinalização colocadas pelo parque, usar botas e calças compridas e carregar bastante água. Ainda para os que planejam fazer o caminho de volta após o anoitecer é aconselhável levar pilhas e lanternas. Para os menos aventureiros, há passeios de helicóptero ou pequenos aviões que sobrevoam o local para mostrar os vulcões em atividade.

Confira abaixo um vídeo da erupção do vulcão:

Poucas viagens oferecem tão bem a oportunidade de unir em um só roteiro lazer e aventura, como a viagem a um vulcão. Turismo de Aventura em Vulcões demonstra que não apenas é possível, mas também muito empolgante visitar alguns vulcões ativos, e com segurança.

Clique para conhecer e comprar!

A obra leva aos leitores e viajantes roteiros e histórias a respeito de alguns dos principais vulcões da Terra. Aliás, ativos ou em repouso, os vulcões são capazes de despertar diferentes emoções, seja ao observar lavas incandescentes descendo lentamente os flancos de uma cratera, ao admirar a plácida e bela visão de um pico nevado, ou mesmo ao caminhar por paisagens onde as atividades vulcânicas foram devastadoras.

Ilustrada com fotos magníficas, a maioria delas, de viagens da autora, a obra traz, além de informações sobre diferentes tipos de vulcões e de erupções, todas as informações de ordem prática para quem efetivamente deseja visitar, explorar e fotografar vulcões. Uma obra para os caçadores de aventuras e para os interessados nos fenômenos geológicos.

A edição brasileira traz um capítulo inédito sobre os vulcões das ilhas Galápagos.

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *