Workshop de Mineração – Entrevista: Arthur Pinto Chaves

No dia 19 de abril, a Oficina de Textos em parceria com a OPUS PHD, realizará o primeiro workshop no país sobre Manuseio e amostragem de sólidos granulados  em Pátios e Portos. O Comunitexto aproveitou a oportunidade para conversar com um dos formadores, Arthur Pinto Chaves, professor do Departamento de Engenharia de Minas e de Petróleo da USP. Ele nos contou como será o workshop e o que os participantes podem esperar do evento. Confira!

C: Com a grande expansão da mineração no Brasil, qual a importância de um workshop, associado ao quinto volume da coleção Teoria e Prática do Tratamento de Minérios ?

Arthur Pinto Chaves: Este quinto volume não trata apenas de assuntos referentes à mineração, mas também à indústria metalúrgica, à siderurgia e aos portos e pátios de estocagem de granéis.  Tem portanto um escopo mais amplo !
No modelo de workshop, os participantes têm praticamente o mesmo nível de participação que os expositores, isto é, o expositor faz uma apresentação do tema, um resumo, e abre a palavra aos demais.  Todos os que tenham alguma participação a dar, algum comentário ou crítica, têm espaço para isso.  Resulta uma discussão muito lúcida e inteligente e todos lucram.

C: Qual a principal diferença entre adquirir o livro e participar do workshop? Como você vê este elo entre o conhecimento e a prática?

APC: Adquirir o livro é para todos.  Participar do workshop, apenas para quem esteja realmente enolvido com o tema e tenha alguma contribuição a trazer para o debate.

C: Pode nos contar um pouco do que será abordado no dia do evento?

APC: Somos três os autores que estaremos presentes:  a Dra. Ana Carolina trabalha com amostragem, que é um tema realmente complicado por causa dos aspectos estatísticos envolvidos e que ela domina muito bem.  O Prof. José Renato e eu estamos mais preocupados com os equipamentos utilizados e a maneira de fazer a amostragem num ambiente industrial.  O Prof. José Renato conhece muito bem os equipamentos, sejam amostradores, transportadores, empilhadeiras, retomadores … e eu complemento a sua experiência com a prática operacional.

C: Quais as novidades que os participantes podem esperar para este workshop?

APC: Tratam-se de práticas industriais consagradas e cada vez mais importantes.  A diferença é, creio eu, que é a primeira vez que é promovido um encontro para tratar deste assunto específico.

Quer participar do workshop? Clique aqui e inscreva-se.

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *